#02 experiência Oliver Thi

oliverthi_experiencia_arte_visual_01

mroliver_logo_b

uma experiência interativa-analógica que tem muito à dizer
sobre o jeitinho OliverThi de ser!

mroliver_logo_b

afinal, o que é arte?

depois desta instigante pergunta, apresento para você o meu primeiro projeto visual!
vai lá, aperta o PLAY e experimente:

 

e este foi meu primeiro projeto de arte visual, do meu querido-professor-possível-orientador Arnaldo Vilas Boas, aqui no mestrado em Design e Cultura Visual em Lisboa!
agora me diz, achas que estou feliz e empolgado? #certeza

vamos a explicação:
de um questionário online e psicológico (chamado Big Five e  em inglês), seu resultado – 5 principais  característica de mina personalidade. e delas, uma desafio: transformá-las em um único objeto/coisa/arte/o que quer se seja.

difícil? relativamente. mas, como sabem, desafio feito, é desafio aceito!
primeiro preciso dizer sobre os resultados para explicar o que cada parte da “experiência OliverThi” (este foi o melhor nome que encontrei para nomeá-lo).

 

resultados

• 83% aberto à novas experiências
• 99% consciente e bem organizado
• 88% extrovertido e energético
• 50% agradável e equilibrado
• 59% nem nervoso, nem calmo (equilibrado)

surpreendente né? e olhem só que interessante: o equilíbrio sempre presente, esse algo que busco a cada novo dia!

 

conceitos

agora vamos as conceitos todos, de algo que relativamente é simples, mas tem *muito* significados. #soudestes

como a ideia principal foi trabalhar bem o equilíbrio, por ter aparecido muito em destaque no resultado, escolhi a forma geométrica que tenho tatuada em meu braço e que tem, na simbologia, este significado: o triângulo. mas o equilátero (de tamanhos iguais). e claro que o 22 iria aparecer, não é mesmo? este foi o tamanho escolhido e as proporções em toda a criação e seus elementos. nota-se que a organização está aí, tudo certinho!

segredo: há uma desconstrução de tudo isso em pequenos detalhes ocultos: a não centralização da lâmpada que é imperceptível, alguns “desajustes” na cola, tudo sutilmente encaixado na proposta sem alterar o resultado! #perfeiçãoNãoExiste

a matéria prima: a mais orgânica e natural possível, dentro do que era disponível, representando a consciência: madeira, papel craft (papelão), corda, fios elétricos, papel colorido, caneta e barbante. e só.

 

oliverthi_experiencia_arte_visual_02[a experiência é única para cada pessoa, que “sente” as cores do momento – @oliverthi]

 

uma luminária? talvez.
mas o sentido vinha de algum objeto com luz própria, dentro dele, em que você inicialmente vê o externo, observa e tira suas próprias conclusões. mas ao ligar (analogia ao conhecer), e compreender cada cor (cada aspecto da personalidade), você tenta entender o todo (o OliverThi), suas cores, seus sentidos, suas sensações e emoções.
queria trabalhar com a eletricidade por se tratar de uma via de mão dupla, onde ela precisa desse ciclo pra existir, o positivo e o negativo (algo que todos tem), e principalmente representando a conexão entre pessoas, quem observa à mim mesmo, ou o que é observado #filósofo
e tudo, feito a mão, pois minha essência craft é muito forte! #jura?

mas importante dizer: trazer o moderno e contemporâneo também, equilibrando o analógico (antigo, resgate) ao futuro, ao atual. no caso a lâmpada muda de cor e tem controle remoto, e pode ser programada! #amei

a extroversão e a energia vem com a luz! mas colorida, claro =)
para representar a energia das cores, através do pensamento (lâmpada como ícone de ideia), e uma simbologia lúdica da luz interior. as cores, como dito, aparecem justamente para isso – resiliência (para se encaixar em qualquer situação) e personalidade (emotiva, calma, alegre, feliz, introspectiva, etc).
a luz no início, tem essa fluidez na mudança, que faz ligação com a questão do ser agradável. a música é um complemento apenas no vídeo para conectar a atenção de quem vê (além de ser muito mais divertido!).

oliverthi_oculos_BK

abacaxis

o analógico e o moderno, juntos em uma única experiência:
esse é o jeitinho Thi de ser!

 

quem entende um bocado de cor-luz, sabe que a união das três principais cores no sistema RGB (red, green e blue), formam a branca, a qual justamente tem mais destaque na experiência.

as cores principais: marrom – natural, orgânico, madeira; representam a minha atual cor favorita (sim, sou de fases! =P) e algo muito presente em minha vida atualmente. o amarelo – alegre, divertido, caloroso; representam o meu interior e o sentimento que sinto ao mundo e as pessoas, todas elas (juro!): um calorzinho bom da bondade.

os triângulos vazados na “capa” da “luminária”, faz uma analogia (historinha) à quem observa de primeiro momento, despertando a curiosidade. o simples ligar do botão, com pequenas instruções na tag, incentivam à experiência, ao começar, e que para cada um tem um sentido, fazendo esta verdadeira conexão de empatia.
e o resultado e as sensações, emoções e tudo mais sentidos são individuais, como cada cor. podes gostar ou não, e tá tudo bem =)

e… pronto!
acho que expliquei tudo, né?

 

agora, diz pra mim. o que você achou?
será que acertei nas escolhas e no projecto? =)

 

com carinho,
oliverthi_

oliverthi_yuri_lisboa

“a criatividade é a inteligência se divertindo!” – Albert Einstein

oliverthi_oculos_BK

quer receber cartinhas virtuais de surpresa?

então, manda bala!
e relaxa, eu não vou lotar sua caixa de e-mails ¬¬

seu nome

seu e-mail

comente a vontade :D

pessoas falando <3